Comunicados de Imprensa

O Mormonismo em Imagens: O Coro do Tabernáculo Aumenta a sua Influência

Músicos voluntários servem como embaixadores Internacionais para a Igreja

Todas as semanas, os membros do Coro do Tabernáculo Mórmon e da Orquestra da Praça do Templo podem ser vistos na Praça do Templo a praticar para a sua próxima apresentação, que pode ser a sua transmissão semanal, uma sessão semestral da Conferência Geral da Igreja, ou algum concerto especial e digressão. Os cantores e músicos sediados em Utah, todos voluntários, já foram chamados de “Coro da América” pelo ex-presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan. Eles também viajam pelo mundo como embaixadores de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, partilhando as suas mensagens inspiradoras e tocando os corações de fãs de todas as idades.


 
A casa do coro e da orquestra é o histórico Tabernáculo de Salt Lake City, no entanto eles realizam as suas apresentações no Centro de Conferências, com capacidade para 21.000 pessoas, com vista a acomodar uma maior audiência durante a conferência geral na Primavera e no Outono e durante os meses de verão e da época Natalícia, quando ainda mais turistas de todas as partes do mundo visitam a sede da Igreja.

Artistas convidados juntam-se ao coro e à orquestra para atuações ao final do dia, durante o concerto do Dia do Pioneiro, em julho, e no concerto de Natal, em dezembro. Este Verão, a estrela da Broadway Laura Osnes subiu ao palco com o coro e a orquestra, nos dias 17 e 18 de julho, para homenagear os pioneiros Mórmons e a Broadway.

O Coro do Tabernáculo Mórmon é dirigido por Mack Wilberg, diretor musical do coro, e por Ryan Murphy, diretor musical adjunto. Em parceria são os responsáveis pela organização do concerto do Dia dos Pioneiros deste ano.
 
Como diretor, Wilberg gere todos os aspetos musicais e criativos do coro, da Orquestra da Praça do Templo, do Coral da Praça do Templo e os Sinos da Praça do Templo. Ele também trabalha com Ryan Murphy, diretor musical adjunto, na seleção e formação de novos membros do coro.
 
O Coro do Tabernáculo Mórmon não estaria completo sem a sua equipa de organistas, que inclui três a tempo inteiro e dois em part-time. Richard Elliott tem sido o organista principal do coro desde 2007. Durante os concertos, os solos de órgão de Elliott levam, muitas vezes, o público a aplaudir de pé devido à sua incrível agilidade no teclado e pedais. Ele e os outros organistas organizam em parceria as atuações e os recitais diários realizados no Tabernáculo.
 
O coro foi também um pioneiro da música em Utah. Quando os Santos dos Últimos Dias chegaram ao Vale do Lago Salgado, em 1847, foi formado um pequeno coro. O coro cantou pela primeira vez numa conferência da Igreja a 22 de agosto do mesmo ano, passados apenas 29 dias desde a chegada dos primeiros pioneiros. Hoje, o coro é composto por 360 homens e mulheres que prestaram audições para as suas designações em regime de voluntariado. Eles são muitas vezes acompanhados pela orquestra de 200 membros.
 
O coro e a orquestra regressaram recentemente de uma digressão pela Costa Atlântica onde atuaram em Bethesda, Maryland; Bethel Woods, Saratoga Springs e New York City, Nova Iorque; e Boston, Massachusetts.

O coro cantou música patriótica no Estádio dos Yankee e apareceu numa apresentação surpresa do Dia 4 de Julho (Dia da Independência dos EUA) na Academia Militar dos EUA em West Point, com a banda da Academia Militar dos EUA. Milhares de espectadores estiveram presentes quando 1.300 novos cadetes chegaram em formação militar ao Trophy Point, com vista para o rio Hudson. A atuação foi gravada e será transmitida no próximo ano, numa emissão especial do programa “Music and the Spoken Word” (“Música e a Palavra Falada”).

O coro e a orquestra podem ser ouvidos semanalmente como parte da transmissão do “Music and the Spoken Word” (“Música e a Palavra Falada”), que começou por ser um programa de rádio. Este programa de 30 minutos é a transmissão continuada de rádio mais longa do mundo e atualmente vai para o ar em mais de 2.000 estações de rádio, canais televisivos, de televisão por cabo e estações de satélite de todas as partes do mundo. No início deste ano, o Coro do Tabernáculo Mórmon foi apresentado no Music Hall of Fame de Música Clássica Americana. O coro e a orquestra são artistas ativos com a sua própria marca registada no campo da gravação de músicas.
 
O Presidente da Igreja, Thomas S. Monson, disse que o objetivo do coro e da orquestra é o de “ser um exemplo resplandecente das artes musicais para o mundo inteiro”. O coro anunciou que apresentará a sua música em oito cidades Europeias no próximo verão, o que incluirá atuações na Alemanha, Áustria, Suíça, Bélgica, Holanda e França. Esta será a primeira digressão mundial do coro em quase duas décadas e a primeira vez que a orquestra acompanhará o coro no estrangeiro. A digressão de 20 dias decorrerá de 27 de junho a 16 de julho de 2016.
    
Os membros do coro já participaram em diversas digressões pelos Estados Unidos e pelo estrageiro desde a sua primeira digressão fora de Utah, em 1893. As suas viagens já os levaram cinco vezes à Europa e a Israel, Rússia, Japão e Austrália. Também já atuaram na tomada de posse de seis presidentes dos EUA.

Para mais informações sobre o coro e a orquestra, visite o site do Coro do Tabernáculo Mórmon.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.