Comunicados de Imprensa

A Igreja colabora com governos e outros parceiros na ajuda aos refugiados que entram na Europa

Apóstolo demonstra apoio durante a sua visita à Europa

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias prossegue com a sua parceria de longa data com organizações humanitárias internacionais para atender às necessidades prementes dos refugiados que entram na Europa. O apoio continua no abastecimento de comida, abrigo, roupa e suprimentos médicos.

A Igreja segue a admoestação de Jesus Cristo de ajudar os necessitados. Jesus Cristo ensinou os seus seguidores a receber o estrangeiro e a cuidar do próximo (Mateus 25: 35-36). Durante uma visita recente, o Elder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, o segundo maior corpo de dirigentes do governo da Igreja, demonstrou o seu apoio a esses esforços e obteve impressões em primeira mão da situação dos refugiados na Europa.

“A escala desta maré humana tem de se ver para crer”, expressou o Elder Ballard. “Eu vi o nosso povo a trabalhar lado a lado com novos amigos de todas as religiões e nacionalidades para aliviar o sofrimento daqueles que foram expulsos das suas casas e países. Sinto-me muito grato pelo serviço dedicado de todos os envolvidos no socorro daqueles que mais necessitam.”

As organizações com as quais a Igreja está a colaborar incluem a UNICEF, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), a associação Malteser Alemanha, o Centro de Gestão de Crises da República da Macedónia, os Catholic Relief Services, os Medici per i Umani Diritti (MEDU), e o Corpo Médico Internacional.

“Estamos satisfeitos por colaborar com estes parceiros compassivos e experientes”, disse o Elder Patrick Kearon, Presidente da Área da Europa da Igreja. “Nós vimos o que eles fazem e estamos confiantes de que os nossos esforços conjuntos farão a diferença na vida daqueles que fogem da guerra e da miséria.”

O Elder Ballard visitou dois abrigos de refugiados em meados de novembro. Em Berlim, ele reuniu-se com os representantes da associação Malteser Alemanha a quem a Igreja doou artigos de higiene e quatro paletes de brinquedos para as crianças que tiveram de fugir das suas casas em busca de alívio do conflito civil e de outras dificuldades.

Fez-se acompanhar pelo Elder Craig C. Christensen, da Presidência dos Setenta, e pela sua esposa, Debbie, e pelo Elder Patrick Kearon, Presidente da Área da Europa da Igreja, e pela sua esposa, Jennifer. Os líderes seniores tiveram a oportunidade de visitar famílias de refugiados e aprender sobre as suas esperanças e desafios.

Com a ajuda da Igreja, a ACNUR assiste os refugiados, oferecendo informações sobre os seus direitos e fornecendo-lhes comida, água, abrigo e cuidados médicos. O projeto apoiado pela Igreja incidirá sobre a Grécia e os Balcãs. O Elder Ballard e o Elder Kearon visitaram um abrigo numa das ilhas gregas, onde os refugiados chegam primeiro à Europa, para saber mais detalhes e expressar o seu apreço pelo serviço prestado aos necessitados.

A Igreja também apoia um projeto do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) que visa ajudar 225.000 crianças de famílias de refugiados em Itália - 90.000 ao longo dos próximos seis meses. As crianças estão a receber roupas, cobertores e brinquedos. Kits de suplementos alimentares estarão disponíveis para as crianças mais pequenas e para os seus pais. A UNICEF cria espaços especiais para criança, em abrigos de refugiados, para as ajudar a viver num ambiente que lhes permita lidar com o trauma e o sofrimento.

As crianças refugiadas na zona de trânsito entre a Grécia e a Eslovénia receberão capas que as protegerão do frio. 

Os Catholic Relief Services têm sido um parceiro de confiança de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias por longos anos. Na Sérvia e na Macedónia, as duas organizações cooperarão no fornecimento de alimentos, suprimentos de emergência e aconselhamento psicológico aos refugiados e às suas famílias. A Igreja também apoia as Caritas em Atenas na ajuda aos refugiados.

A MEDU (Médicos pelos Direitos Humanos) é uma organização sem fins lucrativos com sede em Itália. A Igreja tem financiado uma unidade médica móvel para uma iniciativa da MEDU. Este veículo irá entregar remédios e suprimentos médicos, mas também alimentos e utensílios de cozinha para os refugiados que permanecem atualmente na Itália. Uma clínica aberta também será criada para prestar assistência médica e psicológica. A MEDU foi fundada por um grupo de médicos, parteiras e outros voluntários.

A International Medical Corps oferece serviços médicos e psicológicos aos refugiados que chegam às várias ilhas gregas, inclusive a Samos e Kos. Com a assistência financeira da Igreja, esta organização humanitária irá administrar cuidados médicos e psicológicos e referenciar os necessitados para os hospitais locais para cuidados de nível diferenciado.

A Igreja tem vindo a fornecer ajuda aos refugiados no Oriente Médio há mais de uma década, doando centenas de milhares de cobertores, roupas, suprimentos de emergência médica, alimentos e outros recursos para os refugiados na Jordânia, Líbano, Turquia e Síria. Um anúncio foi feito no final de setembro, afirmando que os Mórmons na Europa, apoiados pela sede da Igreja nos Estados Unidos, intensificarão a sua ajuda aos refugiados que fogem para a Europa.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.