Informações sobre o País

Uganda

No Uganda, alguns estrangeiros Santos dos Últimos Dias que viviam no país, começam a realizar reuniões no início dos anos 1960. O primeiro ugandês que se filia à Igreja  foi Carkes Osinde, que havia sido baptizado na Escócia e que tinha voltado à sua terra natal. Um casal chega ao país em Março de 1990, participando do programa de ajuda humanitária USAID. As reuniões começam a ser realizadas em sua casa.

Um ramo (pequena congregação) é pouco depois criado em Kampala e em Dezembro de 1990, o primeiro casal missionário chega ao Uganda. Em Março de 1991 uma média de 30 a 35 pessoas assistiam às reuniões do ramo.

As iniciativas de auxílio humanitário beneficiam os ugandeses, através de projectos como a entrega de roupas no distrito de Kitgum no norte do Uganda para as vítimas das lutas entre facções políticas.

Hoje em dia mais de 3400 membros da Igreja vivem no Uganda. Estão organizados em dois distritos, Jinja e Kampala e em oito ramos. A primeira capela construída de raiz pela Igreja, no ramo Kokolo, foi dedicada em 1997 e uma segunda capela, em Jinja, foi dedicada em 1998.

Contacto para Jornalistas:

Malcolm Adcock
Solihull,
Reino Unido
Telefone:  + 44 121 712 1161

 

 

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.