Comunicados de Imprensa

Templo de Lisboa Aberto para Visitas Públicas

O público está convidado a visitar o primeiro templo de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Portugal. O Templo de Lisboa Portugal estará aberto para visitas públicas, totalmente gratuitas, a partir de sábado, 17 de agosto de 2019 até 31 de agosto de 2019. Aos domingos não se realizam visitas. 

       

As pessoas que desejarem visitar o templo podem fazer a reserva através do link www.churchofjesuschrist.org/temples/open-houses?lang=por

O templo, que fica na parte nordeste da cidade, na freguesia do Parque das Nações, será formalmente inaugurado no domingo, 15 de setembro de 2019, em três sessões reservadas exclusivamente para os membros da Igreja. Haverá também uma reunião com os jovens e dirigentes da Igreja no sábado, 14 de setembro de 2019.

  

A construção do edifício de cerca de 2,200 metros quadrados foi iniciada a 5 de dezembro de 2015, quando a Igreja e os líderes da comunidade local participaram de uma cerimónia do lançamento da primeira pedra.

 

O templo irá servir os mais de 45.000 membros da Igreja que vivem em Portugal. Em todo o mundo existem 209 templos em funcionamento, anunciados ou em construção, incluindo 14 na Europa.

Os templos da Igreja diferem das igrejas ou capelas onde os membros se reúnem para os cultos dominicais. Os templos são considerados "casas do Senhor", locais os ensinamentos de Jesus Cristo são reafirmados através do casamento, batismo e outras cerimónias que unem as famílias para a eternidade.

Para mais informações sobre o Templo de Lisboa Portugal, por favor visite www.saladeimprensamormon.pt/artigo/templo-de-lisboa-portugal

Dossiê de Imprensa disponível aqui (documentos em formato PDF)

###
Contato para jornalistas/meios de comunicação:

Francisco Paulo Adriano
Diretor Nacional de Relações Públicas e Comunicação
Email: info@igreja-jesus-cristo.pt . Telefone: +351 960 402 832

Observação do Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.