Recurso Adicional

Resumo dos Pontos Chave do Anúncio sobre a Liberdade Religiosa

Resumo dos Pontos-Chave do Anúncio Sobre Liberdade Religiosa

  1. A Igreja vai apoiar leis que procurem oferecer proteção em questões de moradia, emprego e algumas outras áreas nas quais as pessoas LGBT não contam com essa proteção, mas que garantam que a liberdade religiosa não seja comprometida.
  2. A Igreja acredita que uma abordagem do tipo “equidade para todos”, que se empenhe em manter o equilíbrio entre a proteção das pessoas LGBT e a proteção dos direitos religiosos mais importantes, é a melhor maneira de solucionar as marcantes divergências e a atual divisão cultural observadas em nossa nação. 
  3. A Igreja está alarmada com a gradual deterioração da liberdade religiosa Quando as pessoas religiosas são publicamente intimidadas, sofrem retaliações, são obrigadas a abandonar o emprego ou sofrem perdas pessoais por terem elevado a voz em praça pública, doado a uma causa ou participado de uma eleição, nossa democracia é que sai perdendo com isso. Isso é tão errado quanto a perseguição ou a retaliação contra pessoas LGBT.
  4. Este pedido de uma abordagem equilibrada entre os direitos religiosos e os dos homossexuais não representa uma mudança ou alteração na doutrina da Igreja. Representa, sim, o desejo de unir as pessoas, de incentivar um diálogo de respeito mútuo no que se tornou um debate nacional altamente polarizado.
  5. Nessa abordagem, pode ser que nenhum dos lados consiga tudo o que deseja. Todos precisamos aprender a conviver com pessoas que não compartilhem dos mesmos valores ou das mesmas crenças. 

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.