Informações sobre o País

Quénia

Empregados americanos da USAID e a suas famílias em serviço no Quénia na década de 1970, realizam reuniões da Igreja a partir de suas casas. Os primeiros conversos Africanos do Quénia foram baptizados em 1979. Os primeiros dois missionários, o Elder Farrel e a irmã Blanch McGhie, chegam em 1980 e em 1981 dois ramos (pequenas congregações) são organizados em Nairobi e em Kiboko. A Igreja recebe o reconhecimento oficial em Dezembro de 1991 e nesse mesmo ano a sede dos missionários é estabelecida em Nairobi.

Em 1988 a Igreja doa os fundos recebidos por meio de alguns jejuns especiais para levar água potável a aldeias localizadas e 150 quilómetros de Nairobi. Os sistemas de abastecimento de água são instalados em 1989. Em 1992, a Igreja providencia rações de comida para os refugiados da Somália e do Quénia afectados por uma seca severa.

A 21 de Outubro de 1992, um terreno com 24 mil quadrados pertença da Igreja é colocado sob a direcção do agrónomo da Igreja Joel K. Ransom. Este projecto de auto-ajuda foi depois mais tarde expandido para os terrenos que os membros possuíam. O resultado foram colheitas de bens essenciais.

Por volta de 1994 quatro distritos, com diversos ramos (pequenas congregações) cada, tinham sido criados e aos quais assistiam muitas pessoas. Dois destes distritos foram mais tarde dissolvidos. A primeira capela da Igreja foi completada em Julho de 1994, para o ramo Longata, em Nairobi.

Um projecto humanitário da Igreja para o abastecimento de água em 1994 providenciou água potável para centenas de famílias. Em Fevereiro de 1998, o Presidente Gordon B. Hinckley tornou-se o primeiro Presidente da Igreja a visita a África Oriental. Dirigiu-se a 900 membros que se tinham reunido vindos do Quénia, Uganda, Tanzânia, Etiópia e Somália.

A estaca Quénia Nairobi, a primeira no Quénia, foi organizada a 9 de Setembro de 2001.

Contacto para Jornalistas:

Solomon E. Luvai
Telefone:  + 254 20 242939
Fax:  + 254 733 901 725
 

 

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.