Tópico

Programa Missionário

O programa missionário de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é uma de suas características mais conhecidas. Os missionários mórmons são vistos nas ruas de centenas de cidades importantes do mundo, bem como em milhares de comunidades menores.

O esforço missionário de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias tem como base o padrão de missionários servindo em dupla do Novo Testamento. Eles ensinavam o evangelho e batizavam os que criam em nome de Jesus Cristo (ver, por exemplo, o trabalho de Pedro e João no livro de Atos).

Mais de 80.000 missionários servem em missões para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em algum momento. A maioria é de jovens com menos de 25 anos, servindo atualmente em mais de 400 missões no mundo inteiro.

Os missionários podem ser homens solteiros entre 18 e 25 anos, mulheres solteiras com mais de 19 anos ou casais aposentados. Eles trabalham com um companheiro do mesmo sexo durante a missão, com exceção dos casais, que trabalham com o cônjuge. Os homens solteiros servem por dois anos e as mulheres solteiras por dezoito meses.

Eles recebem sua designação da sede da Igreja e são enviados somente para países onde o governo permite que a Igreja atue. Os missionários não solicitam a área de designação e não sabem de antemão se deverão ou não aprender outro idioma.

Antes de ir para a área que lhes foi designada, os missionários passam um curto período de tempo em um dos dezessete centros de treinamento e formação missionária em todo mundo. Ali eles aprendem a ensinar o evangelho de uma forma clara e ordeira e, se necessário, começam a aprender o idioma das pessoas a quem vão ensinar. O maior centro de treinamento está localizado em Provo, Utah, com outros centros na Argentina, no Brasil, Chile, na Colômbia, Coreia do Sul, Espanha, Filipinas, Guatemala, Inglaterra, no Japão, México, na Nova Zelândia, no Peru e na República Dominicana.

Os missionários são chamados pelo título de “Elder” e as mulheres pelo título de “Síster”.

O dia típico de um missionário começa às seis e meia da manhã, com o estudo pessoal das escrituras. O dia é gasto ensinando o evangelho às pessoas com quem marcaram compromissos, visitando casas ou encontrando pessoas na rua ou outros lugares públicos. O dia dos missionários termina às dez e meia da noite.

Em algumas partes do mundo, os missionários são enviados somente para prestar serviço humanitário ou outras missões especializadas. Esses missionários não fazem proselitismo.

O trabalho missionário é voluntário. Os missionários custeiam a própria missão — exceto pelo transporte de ida e volta do campo de trabalho — e não são pagos por seus serviços.  

O contato com a família e os amigos durante esse período é limitado a cartas e também telefonemas esporádicos à família em ocasiões especiais. Os missionários não participam de entretenimentos, festas e outras atividades comuns a essa faixa etária enquanto estão em missão, para que assim possam concentrar-se exclusivamente no trabalho de servir e ensinar às pessoas o evangelho de Jesus Cristo.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.