Biografia

Irmã Reyna I. Aburto

A Irmã Reyna I. Aburto foi chamada em abril de 2017 como segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro

A Irmã Reyna I. Aburto foi chamada em abril de 2017 como segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, a organização da Igreja para os seus seis milhões de mulheres com mais de 18 anos. Ela nasceu na Nicarágua, filha de Noel Blanco e Delbi Cardoza e casou-se com Carlos Aburto, do México, no Templo de Jordan River Utah, em 1993. Ambos são conversos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e têm três filhos e dois netos.

 

Ela frequentou a Universidade Centroamericana, onde estudou engenharia industrial ao longo de quatro anos e possui o grau de Ciências Aplicadas em ciências da computação pela Utah Valley University. Ela já trabalha no ramo das línguas há mais de 25 anos, equilibrando o trabalho, a família e as responsabilidades na Igreja, e agora possui uma pequena empresa de traduções com o seu marido.

A Irmã Aburto diz que dois grandes incidentes da sua infância afetaram a sua vida: ter sobrevivido a um sismo que destruiu a sua casa e matou o seu irmão mais velho, e ter vivido um período de agitação civil na Nicarágua no final dos anos 1970. Através dessas experiências difíceis de perda, incerteza e medo, ela aprendeu que os relacionamentos, a família, o amor e a fé são os nossos bens mais preciosos.

Em 1989, depois de atravessar um momento difícil da sua vida, foi convidada pelos missionários Santos dos Últimos Dias a assistir à igreja na Califórnia. Inicialmente, estava hesitante, mas lembra-se de se sentir segura e em casa no momento em que entrou na capela. Poucas semanas depois, aos 26 anos, foi batizada. Ela diz que “nunca deixou de admirar a beleza do evangelho”, chamando à sua filiação à Igreja de um grandioso privilégio e dom. 

A Irmã Aburto serviu na junta geral da Primária de 2012 a 2016, e as suas responsabilidades incluíram a coordenação de recursos para as crianças da Igreja portadoras de deficiências, o envolvimento no programa dos Escuteiros, a melhoria do conteúdo online da Primária e a formação de líderes da Igreja nos Estados Unidos e no México. A sua família frequentou congregações de língua espanhola até 2013, altura em que começaram a frequentar a ala de língua inglesa da sua vizinhança, e então serviu amplamente nas organizações da  Sociedade de Socorro, Moças,  Primária,  Escola Dominical e de Escuteiros da sua ala e  estaca  (diocese). A Irmã Aburto diz que o seu marido, Carlos, é o seu “melhor amigo” e o seu “maior apoio”, e eles gostam de passar tempo com os seus filhos e netos.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.