Informações sobre o País

Hungria

Em 1885, os Elderes Thomas Biesinger e Paul E.B. Hammer chegam a Budapeste, Hungria, depois de terem pregado o evangelho em Praga, Boémia (actual República Checa). Depois de um mês de reduzido sucesso, o Elder Biesinger e o seu colega abandonam a Hungria. Mais tarde, Mischa Markow, natural da Hungria, que havia sido convertido próximo de Constantinopla (na actual Istambul) em 1887, volta no ano seguinte para pregar no seu país natal, mas é expulso da Hungria depois de ter sido feito preso e isolado numa cela solitária. No ano 1900, o Elder Markow e o seu colega pregam em Temesvar, Hungria, até que o governo exige que abandonem o país. No dia anterior à sua partida, baptizam doze pessoas e escolhem os líderes para servirem numa congregação de 31 pessoas. Devido ao esforço destes e doutros missionários que chegaram ao país nos anos seguintes, um total de 106 pessoas haviam sido baptizadas até ao início da 1ª guerra mundial.

O conflito força os missionários a serem evacuados da Europa, a que se lhes junta mais de metade dos membros da Igreja no país, que imigram para os Estados Unidos da América. Os restantes membros que ficam na Hungria continuam a viver os princípios do evangelho durante o período em que a organização da Igreja não estava presente no país.

Em Junho de 1988, a Hungria atribuiu o reconhecimento legal à Igreja. A cerimónia da abertura de terra para a primeira capela no leste da Hungria dá-se a 30 quilómetros da fronteira com a Roménia. A primeira capela é dedicada em Outubro de 1989, pelo Presidente Thomas S. Monson, na altura conselheiro da Presidência da Igreja. A Missão Hungria Budapeste foi criada em Junho de 1990. Em 1991, o Coro do Tabernáculo Mórmon fez uma apresentação em Budapeste perante uma audiência entusiástica que exige 8 bises.

 O Elder Dallin H. Oaks do Quórum dos Doze Apóstolos visita a Hungria em 1992, para consultas internacionais sobre liberdade religiosa e direitos étnicos para as nações do Leste europeu, numa iniciativa patrocinada por uma fundação promotora da democracia na Hungria.

Contacto para Jornalistas:
 
Rita Somfai
Telefone: +36 1 488 0660

 

 

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.