Comunicados de Imprensa

Gabinete da União Europeia Recebe a Apresentação da Luta Contra a Radicalização

A 25 de fevereiro de 2015, em Bruxelas, o Dr. Brian Grim, Presidente da Fundação “Business & Religious Freedom Foundation” (Fundação de Negócios & Liberdade Religiosa), apresentou uma nova abordagem inter-religiosa para combater a radicalização no seio das comunidades em risco. O evento foi organizado pelos Escritórios da União Europeia de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e reuniu representantes de comunidades de crentes, ONGs (Organizações não governamentais) e organizações da sociedade civil. A apresentação foi dirigida pelo Elder Timothy Dyches, Segundo Conselheiro na Presidência da Área da Europa de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Brian Grim iniciou a apresentação, compartilhando as suas experiências pessoais vividas na China, Europa, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos. Ele descreveu como a sua perspetiva se modificou após o ataque à embaixada dos Estados Unidos da América em Teerão, em 1979. Naquela época, os estudantes iranianos nos EUA enfrentaram hostilidades por algo que não fizeram, e ele percebeu que a única resposta radical ao radicalismo e ao ódio era “o amor radical”.

Ele partilhou alguns dos resultados na apresentação da sua pesquisa sociológica. A título de exemplo, no mundo, mais de oito em cada dez pessoas seguem uma religião, e entre os 16% que não seguem, muitos têm algumas crenças religiosas ou estão envolvidos nalgumas práticas nesse âmbito. De acordo com os “estudos Pew”, a liberdade religiosa é restringida principalmente de duas formas: pela repressão governamental e por hostilidades sociais.

Referindo-se aos detalhes das iniciativas, o Dr. Grim explicou que a radicalização, especialmente entre os jovens educados nas democracias ocidentais, é frequentemente causada pela marginalização, pobreza, desemprego, falta de visão e de educação. No cerne da iniciativa do Dr. Grim está a cooperação entre grupos inter-religiosos, escolas de negócios, e instituições de ensino, para adaptar o "Curriculum de autossuficiência" dos Santos dos Últimos Dias num conjunto de ferramentas para uso e aplicação inter-religiosa.

O currículo promoverá a autossuficiência como um modo de vida e ajudará as pessoas a fazer um esforço consciente e ativo para atender às suas necessidades bem como às necessidades das suas famílias. O programa seguirá seis temas para uma vida equilibrada, apresentados no “Curriculum de autossuficiência": a educação, a saúde, o emprego, a produção familiar e a mordomia, finanças da família, e força espiritual. Equipas de voluntários inter-religiosos, quer do mundo dos negócios quer ligados a comunidades religiosas ou crentes serão a chave desta iniciativa. A presença destes dois tipos de voluntários constitui um conjunto único e uma componente essencial do programa, promovendo o envolvimento de pessoas com conhecimento e experiência no mundo empresarial e de pessoas de diversas religiões e crenças com vista a encontrar alternativas reais para os relatos radicais que crescem, sob condições de isolamento e desespero.

A apresentação do Dr. Grim foi precedida pela do Elder Timothy Dyches, que compartilhou os valores fundamentais do conjunto de ferramentas de autossuficiência desenvolvido pela Igreja, que é o cerne da iniciativa do Dr. Grim. O conjunto de ferramentas é utilizado mundialmente pelos Santos dos Últimos Dias, por profissionais da área e voluntários, com vista a fortalecer aqueles que se debatem financeiramente ou que estão desempregados, ajudando-os a tornar-se autossuficientes, e a prover para si mesmos e para as suas famílias. Ele disse: "O programa foi realmente criado para dar esperança às pessoas e para as incentivar com o desejo de viver e crescer. Se o não tiverem será muito mais fácil serem radicalizadas. Desejamos que tenham uma alternativa melhor e desejamos dar-lhes a hipótese de terem a esperança de melhorar, sendo capazes de se sustentar a si mesmos e às suas famílias."

Os interessados em saber mais acerca desta iniciativa, podem contactar o Escritório da União Europeia de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em EUOffice@ldschurch.org.

O Escritório da União Europeia de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Bruxelas, trabalha e promove o diálogo entre as partes interessadas da UE, incluindo os líderes de opinião, acadêmicos, líderes religiosos e políticos envolvidos na liberdade da religião ou crença, a assistência humanitária, o voluntariado e a juventude. O escritório também é um membro da Plataforma Europeia sobre a Intolerância Religiosa e Discriminação (EPRID), uma rede de organizações da sociedade civil, incluindo as associações religiosas e não-religiosas, que visa contribuir para a promoção e proteção do direito coletivo à liberdade religiosa ou de crença no mundo, tal como definido pelo artigo 18º da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.