Comunicados de Imprensa

Falece o Elder William Grant Bangerter - o primeiro presidente de missão de Portugal

Cidade de Lago Salgado—O Elder William Grant Bangerter era verdadeiramente uma Autoridade Geral da Igreja peculiar nos anos 80, pois costumava chegar a casa à noite, tirar o seu casaco e ir ordenhar as vacas. Um dos seus filhos, Layne Bangerter, disse que o seu falecido pai adorava cavalos e a sua quinta e que sabia como divertir-se com a sua família, acampando, pescando e caçando. O Elder Bangerter, com 91 anos, uma autoridade geral emérita e antigo membro da Presidência dos Setenta da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, faleceu às 05:00 da manhã de Domingo, 18 de Abril, de causas relacionadas com a sua idade avançada. Era o irmão mais velho do antigo governador do estado de Utah, Norm Bangerter e o pai da Presidente da Sociedade de Socorro da Igreja, Julie Bangerter Beck e de 10 outros filhos. O Elder Bangerter serviu 14 anos como autoridade geral. Recebeu a condição de autoridade emérita em 30 de Setembro de 1989. Foi apoiado como assistente do Quórum dos Doze em Abril de 1975 com a idade de 56 anos. Foi mais tarde apoiado no Primeiro Quórum dos Setentas em Outubro de 1975. Serviu na Presidência do Quórum dos Setentas de 30 de Setembro de 1978 até 5 de Abril de 1980 e novamente de 17 de Fevereiro de 1985 a 30 de Setembro de 1989. "Era um bom irmão, um grande exemplo de como uma pessoa deve viver,” afirmou o seu irmão Norm Bangerter. “Foi sempre totalmente dedicado á Igreja.” "Ele não era o tipo de pessoa que anda por aí chamado as atenções para si," afirmou Paulo Bangerter, um outro filho (NR: e também um ex-missionário da missão Portugal Lisboa). "Mas ele era muito forte de uma maneira muito calma... Punha um toque suave, mas firme em tudo o que fazia… e não suportava o pessimismo.” O Elder Bangerter serviu também como presidente de missão no Brazil entre 1958-1963. Em 1974, foi chamado para abrir a Missão Portugal Lisboa, quando o evangelho dava os primeiros passos em Portugal. Foi também o primeiro conselheiro da Presidência da Área América do Norte Nordeste entre 1984-1985. Durante o seu serviço como autoridade geral, serviu também como director executivo do departamento do Templo da Igreja e como director do Departamento de Genealogia. Durante a sua administração no Departamento do Templo, o número de templos em operação aumentou de 17 para 42, e foi feitos melhoramentos nas apresentações no templo. Foram introduzidas as apresentações em vídeo nas sessões do templo, sistemas informáticos nos registos das ordenanças, tradução simultânea das instruções do templo em diferentes idiomas e apresentações para membros com deficiência auditiva. Depois de receber a condição de autoridade emériita, serviu como presidente do Templo de Jordan River de 1990 a 1993. Depois, foi um supervisor de selamentos no Templo de Mount Timpanogos e um patriarca na estaca de Alpine Utah West, de 2003 até ao seu falecimento. Era muitas vezes descrito como um homem calmo, de voz suave, mas sempre com um sentimento de urgência. Nasceu a 8 de Junho de 1918, em Granger, sendo o segundo de 11 filhos de William Henry e Isabelle Bawden Bangerter. Foi afligido pelo poliomelite em criança, mas não teve efeitos a longo prazo. Foi chamado para ser um representante regional da Igreja em 1967. Serviu uma primeira missão no Brazil entre 1939-1941, depois serviu como Bispo da Ala 1 de Granger, como presidente da Estaca North Jordan e no comité de Ensino Familiar da Igreja. Passou quarto anos nas forças armadas, tornando-se um piloto da força aérea norte americana e comandante de um esquadrão. Elder Bangerter serviu ainda como vice-presidente da Pioneer Welfare Region, membro do comité executivo do LDS Hospital e membro dos comités do seminário de  Magna e Granger. A sua careira profissional passou ainda pela agricultura e também em negócios de construção civil e contractação laboral. Era considerado um excelente carpinteiro. Frequentou a Escola Secundária Cyprus High School e recebeu a licenciatura na Universidade de Utah (1945-48), licenciando-se com distinção. Casou-se com a sua primeira esposa, Mildred Lee Schwantes, em 1944 e foram pais de quatro filhos, um dos quais morreu no nascimento. A sua primeira esposa morreu de leucemia em 1952. Casou-se com Geraldine Hamblin em 1953 e foram pais de sete filhos. Os serviços fúnebres realizar-se-ão no Sábado, dia 24 de Abril, às 11 horas no Tabernáculo de American Fork.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.