SALA DE IMPRENSA Blog

Ex-missionário joga na Liga Alemã de Basquetebol

Com 2,08 metros, Eric Mika ergue-se acima da altura média de um homem alemão, com mais 30 cm de altura impressionantes. Mas o atacante do Medi Bayreuth, clube da Liga Alemã de basquetebol e que disputa a Euroliga, destaca-se por algo mais do que a sua altura. Colocar os seus valores de vida em primeiro lugar, permite-lhe desfrutar da vida e competir profissionalmente, diz ele.

 

Mika não é um homem comum. E, apesar de se ter mudado, no início deste ano, para a cidade de Bayreuth, na região da Alta Francónia, ele não é alemão. Enquanto este nativo de Utah jogava como universitário, da Universidade Brigham Young (BYU), decidiu colocar a sua carreira de basquetebolista em suspenso, durante dois anos.

Quem patrocina a BYU é A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Muitas moças e rapazes desta denominação cristã, decidem servir missões. Enquanto missionários, não procuram emprego e evitam o entretenimento comum entre os jovens da sua idade, a fim de se concentrarem inteiramente em ensinar aos outros o evangelho de Jesus Cristo. Enquanto solteiros, os rapazes servem durante dois anos, e as mulheres durante 18 meses.

“Eu não queria ir. Dois anos é muito tempo longe da família, dos amigos e do estilo de vida”, disse Mika. “Não achei que fosse para mim. Mantive esse pensamento até ao meu primeiro ano da faculdade.” Ao longo do tempo, vários sussurros do Espírito Santo fizeram-no mudar de ideias.

Uma noite, Mika estava a atirar bolas ao cesto, no ginásio de uma capela, com um homem que nunca vira antes. 

“O homem disse-me: ‘Acho que deverias sair em missão’”, relatou Mika. “Nunca me tinha encontrado com aquele homem, ele não sabia o que eu estava a pensar, mas foi tão natural que senti que este conselho não partira do velho homem, mas de Deus.”

Mika decidiu fazer uma pausa no basquetebol e foi designado para a Missão Roma Itália. O seu regresso ao basquetebol na BYU, no segundo ano da faculdade, foi bem sucedido; no entanto, a pausa de dois anos atrasou-o. Os outros jogadores cresceram e desenvolveram habilidades no campo de jogo, enquanto ele estava no campo missionário.

“Não percebi como seria difícil regressar ao basquetebol depois de perder dois anos de experiência”, disse Mika. Sacrifícios exigem desistir de algo bom por algo melhor e Mika afirmou que servir uma missão foi o sacrifício certo para a sua vida familiar. Quando ele não tem treinos ou jogos, está com a sua esposa, e o seu cão da raça Weimaraner.

“De maneira nenhuma me arrependo da missão”, disse Mika, “teria sido ótimo jogar basquetebol, mas isso não me teria mudado como a minha missão o fez”.

O basquetebol é a paixão e a profissão de Mika, mas a família é a sua maior prioridade. Ele e a sua esposa Gabrielle, estão casadoshá dois anos. Apesar das diferenças de altura — a Gabrielle tem 1,57 m — eles sentem-se da mesma estatura e que estavam destinados a casar-se. Foram namorados de escola e ambos serviram como missionários em Roma — ao mesmo tempo. 

Como membro d´A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Mika segue uma diretriz de saúde, conhecida como a Palavra de Sabedoria. Entre as suas disposições, não há bebidas alcoólicas, tabaco, chá, café e drogas nocivas. Por decisão pessoal, Mika é vegetariano. Não vê a sua dieta como restritiva, mas fundamental para o seu bem-estar. 

“Vivo um estilo de vida que me permite jogar ao mais alto nível possível e adoro”, disse Mika. “Presto maior atenção e cuidado, como se de um bom carro se tratasse. Não quereria que este tivesse um único risco.”

Mika faz o que pode física e espiritualmente, para estar no seu auge. Às vezes, mesmo os melhores esforços não têm o resultado desejado. A vida de atleta consiste em vitórias e deceções, assim como a vida em geral. Mika tenta não valorizar o que não pode controlar. 

“Não oro para que ganhemos ou joguemos bem”, disse Mika. “Oro apenas para que os rapazes da nossa equipa e os adversários não se magoem e eu farei o meu melhor.”

Pesquisar o Blog

Acerca do Blog: Este blog é gerido e escrito pela equipa de Relações Públicas de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. As informações aqui apresentadas são fiáveis e precisas mas não devem necessariamente ser vistas como declarações oficiais da Igreja. O objetivo deste blogue é de fornecer aos jornalistas, bloggers e ao público contexto e informações adicionais referentes a temas públicos que envolvam a Igreja no país e no mundo. Para aceder a comunicados de imprensa ou a declarações da Igreja, visite www.saladeimprensamormon.pt.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.