Informações sobre o País

Espanha

O primeiro membro da Igreja de Jesus de Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi Melitón Gonzalez Trejo, natural de Extremadura (por volta de 1870). Trejo emigra para Utah, onde veio a ajudar na primeira tradução para espanhol de partes do Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo. Mais tarde acompanhou a primeira expedição missionária da Igreja no México.

As seguintes conversões conhecidas de espanhóis dão-se em 1966, em associação com duas congregações de militares americanos em Espanha que se reuniam ao domingo. A Lei da Liberdade Religiosa de 1967 preparou o caminho para a organização do ramo (uma pequena congregação) de Madrid, em Fevereiro de 1968. Mais de 40 pessoas assistiram a essa reunião, incluindo as esposas dos militares americanos, outros membros que falavam espanhol e pesquisadores da Igreja. O reconhecimento oficial da Igreja em Espanha é formalizado em Outubro de 1968. Uma missão é organizada em Julho de 1970. Durante este período, muitos membros da Igreja que falavam espanhol foram viver para Espanha, por razões profissionais e ajudaram no fortalecimento das novas congregações. Em 1974, 620 membros reuniam-se em 17 congregações.

O Presidente Gordon B. Hinckley, primeiro conselheiro da Primeira Presidência da Igreja, visita o Rei Juan Carlos e a Rainha Sofia em Março de 1992 e entrega-lhes um exemplar do Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo, um livro de escrituras que acompanha a Bíblia. Os membros da Igreja em Espanha envolvem-se num conjunto de projectos de serviço humanitários, incluindo doações de alimentos para a Bósnia em 1993; vários concertos de um coro de Madrid chamado “Alma 29”, em benefício da Cáritas, da Unicef e das “Aldeas Infantiles”, em 1996-1997. A associação FENADOSE galardoou a Igreja em 1996 com o Prémio de Mérito Nacional para Doações de Sangue em Espanha.

Contacto para Jornalistas:

Sergio Flores
Zaragoza
Espanha
Telefone:  00 34 976 275 149

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.