SALA DE IMPRENSA
Blog

Diversidade e Unidade em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Independentemente de etnia ou aparência externa, todos os membros da Igreja são unidos pelo conhecimento de que eles são filhos do Pai Celestial.

            

A diversidade dos membros da Igreja em todo o mundo é uma característica notável dos santos dos últimos dias, porque o evangelho de Jesus Cristo transcende toda cultura, raça, nacionalidade e idioma. Culturas e povos em todo o mundo se reúnem por localização geográfica para formar as congregações locais que adoram juntas. Por causa do convite do Salvador para que todos os filhos de Deus viessem a Ele (ver Biblia, Mateus 11:28; Doutrina & Convênios 10:67), não há duas congregações da Igreja iguais.

Independentemente de etnia ou aparência externa, todos os membros da Igreja são unidos pelo conhecimento de que eles são filhos do Pai Celestial. Eles sabem que Ele ama cada um de Seus filhos igualmente. Esse conhecimento constrói um sentimento de união em cada edifício em que os membros se reúnem e nos serviços de adoração em todo o mundo, e une todos os membros da Igreja.

A unidade também é edificada em cada congregação, quando as pessoas ensinam e adoram com hinos, escrituras, lições e orações sacramentais semelhantes a cada domingo. As organizações para as crianças, para os jovens e para os adultos unem as pessoas em todo o mundo todos os anos em uma área comum de foco. Da mesma forma, a conferência semestral da Igreja, que é transmitida para todo o mundo, permite que os membros tenham a oportunidade de aprender, simultaneamente, com o profeta, os apóstolos e outros líderes da Igreja.

A característica dos membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias mudou ao longo do tempo e continua a mudar todos os dias. Desde o início do século XX, a Igreja cresceu de congregações formadas principalmente por pessoas do norte da Europa que imigraram para os Estados Unidos para uma Igreja cujos membros moram em 190 países e falam mais de 120 idiomas.

Em 1996, o número de membros que moravam fora dos Estados Unidos superou o número daqueles que residiam dentro dele; e, no ano 2000, a maioria dos membros não falava inglês como língua nativa. Em outubro de 2017, a Igreja ultrapassou 15,5 milhões de membros, elevando o total de alas e ramos (congregações) para mais de 30 mil em todo o mundo.

Assim como Paulo, no Novo Testamento, que ensinou que a Igreja é um corpo com cada parte acrescentando beleza e propósito ao todo, assim também A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias encontra força na sua diversidade.

Pesquisar o Blog

Acerca do Blog

Este blog é gerido e escrito pela equipa de Relações Públicas de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. As informações aqui apresentadas são fiáveis e precisas mas não devem ser necessariamente vistas como declarações oficiais da Igreja. O objetivo deste blogue é de fornecer aos jornalistas, bloggers e ao público contexto e informações adicionais referentes a temas públicos que envolvam a Igreja no país e no mundo. Para aceder a comunicados de imprensa ou a declarações da Igreja, visite www.saladeimprensamormon.pt.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.