Comunicados de Imprensa

A Igreja expressa condolências por ocasião do falecimento de Mário Soares

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, na pessoa do Elder Joaquim Moreira, Setenta de Área, como o mais alto representante da Igreja em Portugal, emitiu a seguinte declaração por ocasião do falecimento de Mário Soares:

Mário Soares, como Ministro dos Negócios Estrangeiros no primeiro governo provisório de Portugal, desempenhou um papel crucial no estabelecimento da liberdade religiosa em Portugal. Foi a ponte fundamental para que o então Ministro da Justiça Salgado Zenha elaborasse na Constituição Portuguesa as primeiras referências sobre a necessidade de cada indivíduo poder adorar a Deus livremente, segundo a sua própria vontade e desejo.

Por este e outros feitos atribuídos a Mário Soares como o pai da liberdade e da democracia Portuguesa, prestamos-lhe uma sincera homenagem como grande estadista que foi.

A democracia sem liberdade religiosa não existe, e a religião sem responsabilidade não contribui para a edificação da democracia. Neste sentido, Mário Soares foi uns dos maiores mentores para o estabelecimento da democracia no nosso país, permitindo que cada Português possa adorar a Deus de acordo com a sua consciência e escolha.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.