Recurso Adicional

Atração Por Pessoas do Mesmo Sexo: Perguntas Mais Frequentes

Porque Devemos Usar a Expressão “Atração por Pessoas do Mesmo Sexo”? Porque é Que Não Podemos Simplesmente Dizer “Gay”?
 
A atração por pessoas do mesmo sexo refere-se à atração emocional, física, romântica ou sexual por uma pessoa do mesmo sexo. Se se sentir atraído por pessoas do mesmo sexo, pode optar por usar ou não o rótulo da sua orientação sexual para o(a) descrever. De qualquer forma, a atração por pessoas do mesmo sexo é um termo técnico que descreve a experiência sem impor nenhum rótulo.

O site da Igreja Mormon and Gay utiliza este termo de forma a incluir as pessoas que não se sentem à vontade com o uso de um rótulo, e não para negar a existência de uma identidade gay, lésbica ou bissexual.

 

Porque é que o Site não Aborda Questões de Disforia de Género ou de Transexualidade?

Muitos dos princípios gerais partilhados neste site (como por exemplo, a importância da inclusão e da bondade) aplicam-se aos Santos dos Últimos Dias que sofrem de disforia de género ou se identificam como transexuais. No entanto, a atração por pessoas do mesmo sexo e a disforia de género são muito diferentes. A título de exemplo, aqueles que sofrem de disforia de género podem ou não sentir-se também atraídos por pessoas do mesmo sexo, e a maioria dos que sentem atração por pessoas do mesmo sexo não desejam mudar de sexo. Do ponto de vista psicológico e ministerial, são duas coisas diferentes.

Está a Pensar se é Gay?
 
Se está a pensar se é gay, provavelmente já se sentiu atraído por alguém do mesmo sexo e questiona-se sobre como interpretar esses sentimentos. Os desejos sexuais são complexos e moldados por muitos fatores. Embora uma atração romântica, emocional ou sexual possa sinalizar uma orientação sexual, não deve assumir automaticamente que é mesmo assim. O desejo sexual pode ser fluido e mutável. Se está em dúvida, não deve sentir-se pressionado ou apressado para chegar a uma conclusão acerca da sua sexualidade.

As palavras significam coisas diferentes para pessoas diferentes, e o significado de uma palavra pode mudar ao longo da nossa vida. O que é que a palavra gay significa para si? É um sentimento? Uma identidade? É um estilo de vida? O uso da palavra gay tem vindo a mudar à medida que a própria sociedade e cultura mudam. Identificar-se como gay pode significar que sente atração por pessoas do mesmo sexo, mas opta por não agir em conformidade com esses sentimentos. Ou talvez este rótulo descreva como se expressa emocional, física, sexual ou politicamente. Se fica com dúvidas quanto ao que alguém está a querer dizer quando afirma: “Eu sou gay”, basta perguntar.


Devo Assumir que Sou Gay?
 
Para algumas pessoas, manter os sentimentos de atração por pessoas do mesmo sexo em segredo pode resultar em vergonha ou num diálogo interno negativo. Partilhar esses sentimentos com alguém de confiança pode ser libertador e ter um efeito curativo. Alguns, no entanto, arrependem-se de não ter esperado mais algum tempo ou de, pelo menos, ter limitado o número de pessoas a quem revelaram os seus sentimentos, por isso esta decisão não deve ser tomada como forma de ceder à pressão de “se assumir” publicamente ou de se identificar abertamente como sendo gay. Se decidir revelar sentimentos de atração por pessoas do mesmo sexo, considere em espírito de oração com quem gostaria de falar sobre isso e como gostaria de partilhar esse aspeto da sua experiência mortal.

Se decidir partilhar as suas experiências de se sentir atraído por pessoas do mesmo sexo ou de se identificar abertamente como sendo gay, deve ser apoiado e tratado com bondade e respeito, tanto em casa como na igreja. Todos precisamos ser pacientes uns com os outros à medida que descobrimos as coisas.

Como membros da Igreja, é da responsabilidade de todos criar um ambiente de apoio e de amor para todos os nossos irmãos e irmãs. Essa rede de apoio torna muito mais fácil viver o evangelho e buscar o Espírito enquanto navegamos por quaisquer aspetos da mortalidade.


Como Posso Falar com os Meus Pais ou Bispo sobre o Facto de me Sentir Atraído por Pessoas do Mesmo Sexo?
 
Se se sentir confortável para falar com um pai, algum outro familiar ou um líder da Igreja, considere a hipótese de partilhar os seus sentimentos com eles. Ajude-os a perceber aquilo por que está a passar para que eles possam demonstrar amor e apoio. Se eles não entendem o que é sentir-se assim, peça-lhes que leiam os artigos deste site. Esta pode não ser uma conversa fácil de se começar, mas é importante iniciar um diálogo. Seja paciente com as pessoas ao seu redor, e lembre-se que todos estamos a aprender juntos. Se aqueles que ama têm dificuldade em compreender ou expressar apoio, eles podem precisar da sua ajuda. Trate os seus pais e líderes com a mesma bondade e respeito que espera que eles demonstrem por si. Este site foi projetado para ajudar todos a compreender melhor o que é a atração por pessoas do mesmo sexo a partir de uma perspetiva do evangelho.

Se Eu for Suficientemente Fiel, os Meus Sentimentos de Atração Poderão Desaparecer?
 
A intensidade da atração por pessoas do mesmo sexo não é uma medida da sua fidelidade. Muitas pessoas oram durante muitos  anos e esforçam-se ao máximo por ser obedientes numa tentativa de diminuir os sentimentos de atração por pessoas do mesmo sexo, mas ainda assim sentem-se atraídas por pessoas do mesmo sexo. A atração por pessoas do mesmo sexo é vivida de acordo com um espectro de intensidade e não é sentida de igual forma por todas as pessoas. Alguns são atraídos por pessoas de ambos os sexos, e outros são atraídos exclusivamente por pessoas do mesmo sexo. Para alguns, os sentimentos de atração por pessoas do mesmo sexo, ou pelo menos a intensidade desses sentimentos, pode diminuir com o passar do tempo. De qualquer forma, os pais ou os líderes não devem esperar nem exigir nenhuma mudança quanto ao tipo de pessoas por quem alguém se sente atraído. 

A intensidade dos seus sentimentos de atração pode estar fora do seu controlo; no entanto, pode escolher o modo como reagirá perante os mesmos. Pedir ao Senhor que o(a) ajude a aprender com esta experiência, pode ajudá-lo(a) a canalizar a sua fé num resultado que pode controlar. Voltar a sua vida para Deus é um ato de fé importante que lhe trará grandes bênçãos no presente e outras ainda maiores no mundo vindouro.

A Igreja Irá Alguma Vez Alterar a Sua Doutrina e Sanção dos Casamentos entre Pessoas do Mesmo Sexo?
 
Central ao plano de Deus, a doutrina do casamento entre um homem e uma mulher é um ensinamento fundamental de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e não será mudado:

“Como princípio doutrinário, com base nas escrituras, a Igreja afirma que o casamento entre homem e mulher é essencial ao plano do Criador para o destino eterno dos Seus filhos.

“As relações sexuais só são lícitas entre um homem e uma mulher que sejam legal e legitimamente casados como marido e mulher. Todas as outras relações sexuais, inclusive entre pessoas do mesmo sexo, são pecaminosas e subvertem a família, que é uma instituição criada por Deus. Portanto, a Igreja apoia a definição do casamento como sendo a união entre um homem e uma mulher.” (Manual 2: Administração da Igreja, 21.4.10).

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.