Comunicados de Imprensa

Apóstolo Organiza a Primeira Estaca na Rússia

O Elder Russell M. Nelson do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias organizou a Estaca de Moscovo Rússia a 5 de Junho de 2011 —a primeira estaca na Rússia e a segunda na ex-União Soviética. A reunião foi realizada no auditório do Amber Plaza em Moscovo e estiveram presentes mais de 1.100 pessoas naquele domingo quente e cheio de sol de Moscovo. Uma estaca é uma unidade administrativa composta por várias congregações (designadas de alas e ramos) dentro de determinada área geográfica (à semelhança do que outras denominações designam de diocese). A Igreja tem 2.926 Estacas organizadas a nível mundial. A Estaca de Moscovo Rússia foi organizada com seis alas e três ramos. O novo Presidente de Estaca é Yakov Mikhaylovich Boyko; o primeiro conselheiro é Vladimir Nikolaievich Astashov; e o segundo conselheiro é Viktor Mikhaylovich Kremenchuk. O novo patriarca da Estaca é Vyacheslav Viktorovich Protopopov. A história da Igreja na Rússia remonta cerca de 170 anos. Em 1843, o fundador da Igreja Joseph Smith chamou dois homens — o Elder Orson Hyde do Quórum dos Doze Apóstolos e George J. Adams — para servirem como a primeira dupla de missionários na Rússia.  Em 1903, o Elder Francis M. Lyman, um apóstolo, ofereceu duas orações dedicatórias na Rússia, uma em S. Petersburgo e outra em Moscovo. No entanto, o contexto político que se instalou com a revolução bolchevista impediu o estabelecimento da Igreja em território Russo. Em Janeiro de 1990, os missionários Santos dos Últimos Dias chegaram a Leninegrado (São Petersburgo) e em Maio de 1998, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi oficialmente reconhecida na Rússia. O Ministério da Justiça da Federação Russa em Moscovo reconheceu a Igreja como uma organização religiosa. Actualmente, a Igreja tem mais de 21.000 membros na Rússia, distribuídos por 116 congregações.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.