Comunicados de Imprensa

Ano Europeu do Voluntariado em Berlim exibe a inciativa "Mãos que Ajudam"

A 16 de Outubro de 2011, muitos transeuntes pararam para ver a exposição da Iniciativa Mórmon “Mãos que Ajudam” no Centro Sony em Berlim e participaram num projecto de serviço. Este evento de um dia deu aos voluntários Mórmons da iniciativa “Mãos que Ajudam” a possibilidade de ajudar o povo Europeu a desenvolver o espírito do voluntariado, envolvendo-os activamente  na costura e montagem de sacos de pequenos cateteres Broviac.  Estes sacos contêm um cateter de acesso venoso permanente por onde é administrada a medicação, permitindo às crianças com cancro a possibilidade de se movimentarem livremente. Quinhentos sacos do projecto serão doados a hospitais pediátricos. Juanita Muenzer, quando entregou alguns desses sacos na ala de oncologia, comentou a experiência: “As crianças ficaram entusiasmadíssimas por poderem escolher os seus próprios sacos feitos de tecido colorido, alegre, divertido e cativante”. Ela ainda acrescentou: “Houve alturas em que tive que voltar um pouco a cabeça porque as lágrimas começaram a querer sair.” Os voluntários da iniciativa Mórmon “Mãos que Ajudam” era facilmente identificados no seu stand da exposição pelos seus coletes amarelos com o símbolo das “Mãos que Ajudam”. Para além do serviço activo e constante realizado no stand, também se podiam ver cartazes, panfletos e uma apresentação de diapositivos dos diversos projectos que milhares de voluntários da iniciativa “Mãos que Ajudam” realizaram por toda a Europa. O seu convite era: “Juntem-se a Nós e Marquem a Diferença!” Karlheinz Scherer, Director Nacional de Relações Públicas de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na Alemanha, disse: “O que pretendemos mostrar a Berlim é que a qualidade de vida de uma criança gravemente doente pode ser melhorada com um pouco de tempo e de esforço. O propósito da iniciativa Mórmon “Mãos que Ajudam” é simples: Fazemos isto porque queremos seguir o exemplo de Jesus Cristo. Fazemos isto porque queremos ajudar. Fazemo-lo porque estamos convencidos que podemos ser mais felizes se não estivermos sempre a pensar só em nós mesmos.” A iniciativa Mórmon “Mãos que Ajudam” é realizada ao nível mundial pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, provendo serviço comunitário e resposta às vítimas de catástrofes. No ano passado, foram doadas 34.000 horas de serviço por quase 9.000 voluntários de toda a Europa. Estes projectos envolveram ajuda humanitária nas cidades Húngaras inundadas por lama e nas áreas inundadas da República Checa. As vítimas nestas áreas referiram-se às centenas dos nossos voluntários, vestidos com os seus inconfundíveis coletes amarelos das “Mãos que Ajudam”, como o “exército amarelo” e comentaram: “Os voluntários das ‘Mãos que Ajudam’ fizeram um autêntico milagre!”

   

Outros projectos de serviço que envolveram os voluntários Mórmons da “Mãos que Ajudam” incluem projectos comunitários tais como, limpeza e embelezamento de zonas verdes, praias, estradas, zonas agrícolas, parques, lagos, lagoas, cemitérios e outras áreas. Eles pintaram edifícios e limparam janelas e pisos. Fizeram doações de sangue, organizaram kits de higiene e de artigos alimentares para distribuir pelos sem-abrigo e necessitados, e promoveram almoços, entretenimento e ajuda para os cidadãos mais idosos. Criaram e construíram equipamentos para parques infantis e ajudaram na renovação e restauração de zonas em ruínas. Ao ajudar na manutenção de uma zona agrícola urbana, um gerente de uma fazenda com fins caridosos que beneficia adultos, jovens e crianças mais necessitadas comentou: “Os vossos voluntários fizeram num só dia o que levaria dois meses de trabalho”. Frerich Görts, o contacto para a União Europeia de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na Área da Europa, declarou: “Embora um grande número de membros da igreja se encontrem altamente envolvidos no serviço voluntário que realizam dentro da própria igreja, para garantirmos que esta chama permanece viva, temos a noção que o serviço comunitário não é apenas um passatempo agradável, mas está a tornar-se cada vez mais importante para a própria sobrevivência da sociedade e, como tal, devemos aplicar o nosso compromisso social para além do enquadramento da Igreja.” O projecto Mórmon das “Mãos que Ajudam” decorre com sucesso na América Latina, África, Ásia, Europa, Pacífico e América.

O Elder e a Irmã Peterson e o Elder Jarrett são Missionários de Relações Públicas na Área da Europa

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.