Mormon Newsroom
Tópico

A Trindade

Os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias usam a palavra Deidade para referir-se à Trindade da tradição cristã. Ainda que os mesmos termos sejam usados pelos santos dos últimos dias e outros cristãos para referir-se ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, a doutrina dos santos dos últimos dias com relação aos três membros da Deidade é significativamente diferente da de tradição cristã.

Deus, o Pai

Com frequência referimo-nos a Deus como Pai Celestial, porque Ele é o Pai do espírito de todos os seres humanos e porque fomos criados à Sua imagem (Gênesis 1:27). É um termo adequado para um Deus que é amoroso e justo, sábio e todo poderoso. Os mórmons acreditam que Ele tem um corpo como o nosso, mas é imortal e perfeito. O Pai Celestial instituiu o “plano de salvação”, que permite às pessoas viver em Sua presença e em família por toda eternidade. Na verdade, essa é Sua obra — levar a efeito a imortalidade e vida eterna de Seus filhos e filhas.

Jesus Cristo

Jesus Cristo é essencial para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias, que leva Seu nome. Toda oração no lar e todo sermão na capela são encerrados em nome de Jesus Cristo. Os emblemas do sacramento (comunhão) que são tomados semanalmente nos nossos serviços de adoração são símbolos de Sua Expiação. Os santos dos últimos dias aceitam os registos do Novo Testamento a respeito do nascimento, da vida e do ministério, da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Ele, como Seu Pai, tem um corpo físico — o mesmo corpo que saiu da tumba depois de Sua ressurreição, e que Ele convidou os Seus apóstolos a “apalpar (…) e ver” (Lucas 24:39).

Como o único homem perfeito que já viveu, Jesus deu o exemplo de Sua vida para que todos o sigam. Porque a humanidade é imperfeita, o sacrifício expiatório de Cristo pagou o preço do pecado sob a condição de arrependimento individual. Seu sacrifício também permite que toda humanidade seja ressuscitada para a imortalidade. Ele é o Salvador e no futuro, será o Juiz.

Espírito Santo

Os membros da Igreja acreditam que o Espírito Santo é um personagem em espírito, não tem um corpo físico. A missão especial do Espírito Santo — às vezes chamado de Santo Espírito — é testificar do Pai e do Filho, revelar a verdade, consolar e santificar. Ele é um guia divino e um professor.

Os santos dos últimos dias acreditam que o Espírito Santo pode inspirar e influenciar pessoas justas que são receptivas a seus influxos. Além disso, o “dom” do Espírito Santo é o privilégio de desfrutar de Sua companhia constante se forem seguidos os mandamentos de Deus. É conferido após o batismo aos membros da Igreja por um portador do sacerdócio, que impõe as mãos sobre a cabeça da pessoa batizada e a abençoa para que “receba o Espírito Santo”.

Observação do Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.