Comunicados de Imprensa

A Igreja e Cruz Vermelha Americana renovam a sua parceria para ajuda dos necessitados

Gail McGovern, presidente e CEO da Cruz Vermelha Americana, afirmou numa conferência de imprensa, realizada na Welfare Square (“Praça do Bem-Estar”) da Igreja, em Salt Lake City, no estado de Utah, a 20 de junho de 2012, que o novo acordo prevê uma maior coordenação com a Igreja no patrocínio das doações de sangue.

“A cada dois segundos, alguém no nosso país necessita de uma transfusão de sangue” disse McGovern. “E vez após vez, os membros da Igreja arregaçaram as mangas para fazer doações que salvam vidas, o que é um ato de grande generosidade. Aqui na região de Utah, os Santos dos Últimos Dias doam 50 mil unidades de sangue todos os anos em iniciativas de doações de sangue organizadas pela Igreja.”

A renovação da parceria significa que a Igreja aumentará a sua participação ao acolher mais iniciativas de doações de sangue nas suas capelas e noutros edifícios e propriedades da Igreja. McGovern explicou que a Cruz Vermelha Americana envia 6 milhões de unidades de sangue para os hospitais a cada ano. Na região do estado de Utah, o envolvimento da Igreja na organização nas doações de sangue corresponde a 25% do total de doações de sangue.  “Gostaria que as pessoas soubessem”, disse McGovern, que “a Cruz Vermelha está mais preparada do que nunca para poder responder a desastres, devido à relação que temos com a Igreja.”

As duas organizações têm trabalhado, eficazmente, em conjunto por mais de 25 anos na resposta a desastres, em doações de sangue, doações em dinheiro e em géneros e na Iniciativa Sarampo, que resultou na vacinação de 213 milhões de crianças em mais de 40 nações africanas.

Para além das doações de sangue, a Igreja estará também envolvida no planeamento da resposta a desastres, formação e exercícios de simulação e na identificação de locais de abrigo ou refúgio.

“A Igreja desenvolveu uma forte cultura de preparação junto dos seus membros”, disse McGovern. “Acredito que possa servir como um modelo a seguir para os outros de todo o país.” A Igreja aconselha os seus membros a estarem preparados para uma emergência pessoal ou desastre natural, preparando planos de emergência e tendo suprimentos básicos de emergência à mão.  

“Como membros da Igreja temos um compromisso para com a ajuda aos pobres e necessitados e encaramos esse compromisso como um mandamento divino,” afirmou Steve Peterson, diretor geral dos Serviços de Bem-estar da Igreja. “A nossa parceria com a Cruz Vermelha Americana e com outras organizações simplesmente fortalece a nossa posição de ser capazes de fazer aquilo que sentimos ser a nossa responsabilidade como membros da Igreja.”

“Sinto-me grata pela profundidade e pelo alcance da parceria que existe entre a Cruz Vermelha e a Igreja,” concluiu McGovern. “Juntos, estamos a ajudar os necessitados que vivem nas nossas ruas, por todo o país e pelo mundo fora.”
 

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.