Mormon Newsroom

A Conferência Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias teve como foco principal os princípios cristãos centrados no lar

A Conferência Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias teve como foco principal os princípios cristãos centrados no lar

Notícia

Para os mais de 16 milhões de membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias de todas as partes do mundo, a Conferência Geral (de 6 a 7 de outubro, em Salt Lake City, EUA) foi um tempo para reafirmar o seu compromisso com os ensinamentos de Cristo — enfatizado nos discursos do Presidente Russell M Nelson, líder global de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e de outros oradores.  Por toda a Europa, os membros da Igreja participaram das sessões da Conferência nos seus lares, via Internet e em capelas da igreja.

 

O Presidente Nelson sublinhou a importância de usar o nome próprio da Igreja e de seguir os princípios cristãos.  Quando discursou na sessão de domingo de manhã, disse: “Para uma grande parte das pessoas, a Igreja do Senhor está atualmente disfarçada de a ‛Igreja Mórmon‘.  Mas nós, como membros da Igreja do Senhor, sabemos quem é que está à cabeça: O próprio Jesus Cristo”.

“Se fizermos o melhor que pudermos para restaurar o nome correto da Igreja do Senhor, Ele, a quem esta Igreja pertence, derramará o Seu poder e as Suas bênçãos sobre as cabeças dos Santos dos Últimos Dias, como nunca vimos antes“, disse o Presidente Nelson. “Teremos o conhecimento e o poder de Deus para nos ajudar a levar as bênçãos do evangelho restaurado de Jesus Cristo a todas as nações, tribos, línguas e povos e a preparar o mundo para a Segunda Vinda do Senhor.“

Sob o espírito de orientação do Presidente Nelson, o Coro do Tabernáculo Mórmon, patrocinado pela Igreja e de renome internacional, muda o seu nome para ‛O Coro do Tabernáculo da Praça do Templo‘.  O presidente do coro, Ron Jarrett, disse: “Sempre fomos pessoas voltadas para o futuro e estamos focados no que não está a mudar: a musicalidade de renome mundial, os arranjos inspiradores e a programação, e a nossa transmissão semanal da ‛Música e a Palavra Falada‘, continuando uma tradição iniciada há 90 anos.” 

A Igreja também anunciou um novo equilíbrio entre a instrução do evangelho no lar e na Igreja, incluindo uma alteração do horário das reuniões dominicais nas capelas dos Santos dos Últimos Dias, com a adoração e as aulas a realizar-se num período de duas horas.  Isto é parte de um esforço para fortalecer as famílias e os indivíduos, por meio de um plano centrado no lar e apoiado pela Igreja, para aprender a doutrina, fortalecer a fé e promover uma maior adoração pessoal. 

Doze novos templos foram referidos — para construção em Mendoza, na Argentina; Salvador, Brasil; Yuba City, Califórnia, EUA; Phnom Penh, Camboja; Praia, Cabo Verde; Yigo, Guam; Puebla, México; Auckland, Nova Zelândia; Lagos, Nigéria; Davao, Filipinas; San Juan, Porto Rico; e Washington County, Utah, EUA.  Os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias consideram os templos como a ‛Casa do Senhor‘, os lugares mais sagrados da Terra.  Eles são muito diferentes dos milhares de capelas espalhadas pelo mundo que são usadas para as reuniões Dominicais.  

Na sessão mundial de mulheres, a irmã Joy D Jones, Presidente Geral da organização das crianças da Igreja (a Primária), solicitou às mulheres que se concentrassem seriamente no “porquê” de todo o serviço que prestam à família, amigos, à comunidade e à Igreja.  Quando nos concentramos em tudo o que Deus fez por nós, o nosso serviço flui de um coração grato”, ela ensinou. “À medida que nos tornamos menos preocupados acerca da magnitude que o nosso chamado nos traz, percebemos que o foco do nosso serviço passa a ser colocar Deus em primeiro lugar.”  Ela acrescentou: “Podemos fazer com que cada item da nossa lista de tarefas se transforme numa maneira de O glorificar. Quando servirmos a Deus, a nossa principal prioridade na vida é perdermo-nos e, no devido tempo, encontrarmo-nos.”

Durante as suas considerações finais, o Presidente Russell M Nelson incentivou os membros da Igreja a “banquetearem-se com a palavra do Senhor e a aplicarem os Seus ensinamentos na sua vida pessoal”. Ele disse: “Eu abençoo-vos com maior fé Nele e na Sua obra sagrada, com fé e paciência para suportar os desafios pessoais da vossa vida.”

Os missionários Santos dos Últimos Dias vieram pela primeira vez para a Europa em 1837. Atualmente, existem mais de meio milhão de membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no continente europeu, em mais de 40 países e territórios.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.