Comunicados de Imprensa

A Reunião Familiar faz 100 anos

A Reunião Familiar (ou noite familiar), um programa característico dos mórmons, cumpre este mês 100 anos de existência. O objectivo, quando foi lançado, foi o de edificar e fortalecer as relações familiares. Esse objectivo torna-se mais vital a cada dia que passa. 

Milhões de membros da Igreja, em todo o mundo, fazem os possíves para ajustar os seus horários durante a semana para reservar uma noite para cumprir este conselho de 100 anos de existência

Esta reunião semanal da família, realizada agora nas noites de segunda-feira, é praticada em todo o população da Igreja em todo o mundo e remonta à orientação inicial dos líderes da Igreja.

Quando a sociedade vivia num ritmo bem mais lento e grande parte da população da Igreja ainda vivia em áreas rurais, o Presidente Joseph F. Smith (1838-1918) meticulosamente aconselhou os membros da Igreja, em abril de 1915, a "inaugurar uma 'Noite Familiar' em toda a Igreja, reservando um tempo no qual pais e mães se reúnem com os seus filhos e filhas em casa casa e ensinam-lhes a palavra do Senhor ".

Líderes subseqüentes da Igreja encorajaram esta prática, mas só a partir de 1965, cerca de 50 anos depois, quando o número de membros da Igreja tinham significativamente aumentado em todo o mundo, que o Presidente David O. McKay (1873-1970) encorajou os pais a consistemente reservarem uma noite por semana como a noite da família e providenciou um manual de ensino para apoiar essa prática.

Em 1970, o Presidente Joseph Fielding Smith (1876-1972), designou especificamente a segunda-feira como a noite familiar semanal e decidiu que nenhuma das outras funções ou responsabilidades da Igreja colidisse com com esse desígnio.

O Presidente McKay, na ênfase renovada para com a noite familiar, prometeu que  "grandes bênçãos"  viriam aqueles que assumissem e cumprissem esta responsabilidade. Lições familiares caseiras aproximaram os membros das famílias e trouxeram uma grande paz e harmonia para muitos lares SUD (Santos dos Últimos Dias).

O atual presidente da Igreja, Thomas S. Monson concordou. "Nós não podemos negligenciar esse programa inspirado por Deus. Ele pode trazer crescimento espiritual a cada membro da família, ajudando-o a suportar que as tentações estão em toda parte. As lições aprendidas no lar são as que duram mais tempo. "

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.