Edições DisponíveisFechar Janela
« Sala de Imprensa
Fechar Janela
Tópico

Templos

Os templos não são lugares comuns de adoração aos domingos para os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Eles são bem diferentes de milhares de capelas ou edifícios comuns no mundo inteiro usados para as reuniões de domingo.

Qualquer pessoa, seja qual for sua religião, pode entrar numa capela SUD e frequentar suas reuniões. No entanto, devido à natureza sagrada dos templos como “casas do Senhor”, apenas membros fiéis da Igreja têm permissão para entrar nos templos. O membro deve estar cumprindo os princípios básicos de fé e declarar o fato a seus líderes locais uma vez a cada dois anos para poder entrar no templo.

A santidade do templo em épocas antigas pode ser constatada tanto no Velho como no Novo Testamento. No Velho Testamento, Moisés fez com que os filhos de Israel carregassem o Tabernáculo (um templo grande e portátil) ao peregrinarem pelo deserto. O rei Salomão construiu e dedicou um grande templo que foi destruído pelos babilônios em 586 a.C. Ele foi reconstruído e mais tarde ampliado consideravelmente, mas foi destruído de novo em 70 d.C., dessa vez pelos romanos. O grande Muro Ocidental ainda pode ser visto hoje em Jerusalém, e mesmo após milênios, permanece como um local sagrado para os judeus. O Novo Testamento traz um relato de Jesus Cristo limpando os templos, pois as pessoas estavam usando os pátios como se fossem um mercado comum e violando a santidade da Casa do Senhor.

Os templos dos santos dos últimos dias são considerados casas de Deus, um lugar de santidade e paz, separado das preocupações do mundo. Os templos fornecem um local onde os membros da Igreja fazem promessas solenes e assumem compromissos com Deus. Eles também são o local onde os mais sublimes sacramentos de fé ocorrem — o casamento de casais e o “selamento” de famílias para toda eternidade.

Os templos são o único local onde são realizadas cerimônias como o batismo e o casamento eterno em favor de pessoas falecidas — uma prática que os santos dos últimos dias acreditam que foi seguida na época do Novo Testamento, mas que mais tarde foi perdida.

Os templos fazem com que os santos dos últimos dias se voltem para Jesus Cristo e tenham uma perspectiva de sua vida futura com Ele, com o Pai Celestial e com os membros de sua família sob a condição de fidelidade aos ensinamentos de Cristo.

Numa revelação moderna, Joseph Smith recebeu orientação para construir um templo em Kirtland, Ohio (dedicado em 1836). Mais tarde, foi instruído a construir um templo em Nauvoo, Illinois (1846). Os templos eram tão importantes para os primeiros membros da Igreja que, poucos dias após chegar ao Vale do Lago Salgado, Brigham Young escolheu o local do Templo de Salt Lake.

Há 152 templos no mundo, seja em funcionamento, em construção ou cujos projetos já foram anunciados.

Na maioria dos templos há uma estátua dourada de um homem usando vestes compridas com uma trombeta nos lábios. A estátua representa o anjo Morôni, um antigo profeta e um dos personagens principais do Livro de Mórmon. A estátua simboliza a pregação do evangelho de Jesus Cristo ao mundo.

Observação de Guia de Estilo: Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guía de Estilo .

Assuntos Relacionados

Batismo pelos Mortos

Batismo pelos Mortos

O batismo é essencial para a salvação

Leia Mais »
Genealogia

Genealogia

O estudo dos nossos antepassados e da história da família

Leia Mais »
Mais Tópicos ►