O que Esperar das Reuniões Dominicais da Igreja

O que Esperar das Reuniões Dominicais da Igreja

Comunicados de Imprensa

Nota aos jornalistas:

Se está a considerar assistir às reuniões dominicais de uma congregação local de Santos dos Últimos Dias, será bem-vindo! Nós estamos gratos por usar o seu tempo para compreender melhor a nossa fé e o nosso povo. Visitar uma das nossas congregações locais, e ver como funciona uma ala ou ramo (nome que damos às nossas congregações) são fundamentais para entender o que os santos dos últimos dias acreditam, e como essa crença traduz-se na nossa adoração e no serviço aos outros. A sua visita será um exemplo de como os Santos dos Últimos Dias adoram em todo o mundo.

Lembre-se, no entanto, que as reuniões de domingo são reuniões de adoração. Você vai encontrar uma atmosfera de amizade e sociabilidade, bem como de reverência. Se quiser entrevistar membros locais ou líderes, ou se precisa de fotos ou vídeos para acompanhar o seu artigo, entre em contato connosco.

O que esperar das reuniões dominicais da Igreja

Os santos dos últimos dias dão boas-vindas a todos os visitantes às suas reuniões de culto e adoração. Para os que nos visitam pela primeira vez, a seguinte informação pôde ser útil.

Juntamente com as atividades e programas da Igreja durante a semana, os Santos dos Últimos Dias reúnem-se aos domingos para uma reunião "sacramental", com a duração aproximada de uma hora, onde homens, mulheres e jovens oferecem orações, fazem discursos, cantam hinos e participam do sacramento (o equivalente a receber comunhão). Além disso, há classes de doutrina e de escrituras para jovens e adultos como parte do período de três horas de reuniões dominicais.

Os mórmons são geralmente um povo simpático e afável, por isso um visitante não se deve surpreender se alguém, vendo um novo rosto, venha falar-lhe e cumprimentá-lo com um aperto de mão e ajudá-lo a encontrar a reunião ou a classe certa.

Onde ocorrem essas reuniões?

Na maioria dos locais, a própria capela é um edifício facilmente reconhecível com o nome da Igreja no exterior. No interior, você encontrará a "sala sacramental", com bancos ou cadeiras para a congregação e um púlpito para os oradores. Existem também salas de aula, e um salão para atividades sociais e desportivas. Caracterizadas pela simplicidade e funcionalidade (com obras de arte simples do ministério de Cristo adornando os corredores e salas de aula), as capelas servem muitos propósitos e são usadas para tudo, desde reuniões de adoração ao domingo, até abrigos de emergência, de torneios de basquetebol na zona desportiva, a reuniões de estudo das escrituras para os jovens. Noutros locais, as reuniões de adoração podem ocorrer em espaços menores e alugados, que melhor atendam às necessidades locais dos fiéis.

Quem assiste as estas reuniões?

Estas congregações locais são geograficamente organizadas de modo a aproximar vizinhos e comunidades, e dar-lhes assim maiores oportunidades de servirem uns aos outros. Consequentemente, o número de participantes pode variar dependendo do local, de uma reunião pequena com uma dúzia ou mais de fiéis num ramo em Évora, Portugal até um grupo de centenas numa ala em Frankfurt, Alemanha. Geralmente, os limites geográficos da ala ou ramo são estabelecidos de forma a manter as congregações próximas, e com um elevado espirito de familiaridade e união. As famílias geralmente sentam-se juntas, mas um grande número de fiéis solteiros também participa das reuniões. Nas grandes cidades, existem mesmo congregações especialmente designadas para os adultos solteiros.

O que acontece durante as reuniões?

A informação seguinte caracteriza a reunião de adoração principal chamada "reunião sacramental" (o termo dos Santos dos Últimos Dias para "comunhão").

  • A pessoa que lidera a reunião - geralmente o bispo da ala ou residente do ramo, ou possivelmente um dos seus dois conselheiros - usa um fato normal, e não vestes religiosas especificas. Apesar de estar sentado na zona do púlpito, ele é indistinguível de qualquer outro membro da Igreja.​ 
  • Após os anúncios gerais da congregação, os membros iniciam a reunião com um hino. Os hinos da Igreja incluem tanto hinos familiares aos ouvidos cristãos, como hinos adicionais que refletem a história, a doutrina e a prática dos Santos dos Últimos Dias.
  • Uma oração de abertura é oferecida por um membro da congregação. As orações são espontâneas. Não há outro papel da congregação senão um "amém" comum, dito no fim da oração, que termina em nome de Jesus Cristo. Nem há nenhuma escritura formal lida do púlpito, embora as escrituras sejam usadas frequentemente por aqueles que discursam.
  • O ponto focal da reunião de 70 minutos vem a seguir. Depois de outro hino, os emblemas do sacramento - análogo à comunhão em outras Igrejas - são abençoados e distribuídos. A bênção do pão e da água é realizada por homens, incluindo rapazes com mais de 16 anos, que foram ordenados a vários níveis de responsabilidade no sacerdócio. Os membros permanecem em seus lugares, enquanto as bandejas com pão e água são passadas ao longo das filas da congregação. Durante este período, a capela está silenciosa, com cada membro a refletir sobre o sacrifício do Salvador Jesus Cristo. Apesar do sacramento ser destinado aos fiéis batizados da Igreja, ninguém se opõe a que os visitantes participem também dele.
  • Após a distribuição do pão e água, a reunião continua com discursos oferecidos por alguns membros da congregação convidados previamente. Diferentes membros da congregação são convidados a falar cada semana, a fim de dar oportunidade ao maior número possível de pessoas (homens, mulheres e jovens), de ensinar e compartilhar os seus sentimentos. Os tópicos dos discursos são geralmente atribuídos com uma ou duas semanas de antecedência ou, ocasionalmente, podem ser deixados ao critério de cada indivíduo. Estes discursos, ou sermões, são geralmente de 10 a 25 minutos cada, e centram-se nos princípios ensinados por Jesus Cristo. No primeiro domingo de cada mês, ou "domingo de jejum", não há oradores designados; em vez disso, os indivíduos podem compartilhar experiências espontâneas e expressões de fé pessoal, ou testemunhos.
  • É comum nalgumas congregações ser apresentado um número musical – cantado por um coro, por exemplo - que precede o orador final. O coro ou coral é composto por membros da congregação.
  • Um hino final e uma oração concluem a reunião. Novamente, a oração pode ser oferecida por um homem ou uma mulher.
  • Como não há clérigo profissional remunerado, compartilhar as responsabilidades e deveres congregacionais instila os valores de comunidade e comunhão entre os fiéis. Esta experiência coletiva significa que os membros leigos alternadamente oferecem e ouvem discursos ou sermões, regem e cantam os hinos, ajudam e são beneficiados com a ajuda dos outros.

Os visitantes precisam participar?

Não. Os visitantes podem simplesmente sentar-se e desfrutar da reunião, ou se quiserem, cantar os hinos lendo as palavras dos hinários que existem na capela. Não existe nenhuma bandeja para donativos e não é necessário trazer nada para a capela.

O que as pessoas vestem?

É bem-vindo usando qualquer roupa com que se sinta confortável a assistir um serviço de adoração na igreja. Normalmente os homens usam fatos e gravatas, e as mulheres usam vestidos ou saias. As crianças também costumam usar roupas mais requintadas.

O que acontece depois da reunião sacramental?

Após a conclusão da reunião principal ou da reunião sacramental, os membros da Igreja frequentam a Escola Dominical e outras classes para instrução e discussão, de acordo com a faixa etária. Por exemplo, as crianças de 18 meses a 11 anos frequentam a Primária - um programa preparado especificamente para crianças, que apresenta o evangelho na sua forma mais simples. As lições são baseadas nas escrituras, e incluem música e auxílios visuais para manter a atenção das crianças. Há classes para os jovens de 12 a 18 anos e para adultos com mais de 18 anos. Muitas vezes, há uma classe adaptada para novos membros ou visitantes, chamada Princípios do Evangelho. Enquanto o currículo da Escola Dominical é baseado nas escrituras (cada ano, estudando um conjunto diferente de escrituras), os Princípios do Evangelho são organizados segundo temas doutrinários básicos. Após a aula de uma hora da Escola Dominical, há mais uma hora de reunião, especialmente para as mulheres (Sociedade de Socorro), homens e jovens (sacerdócio), jovens e crianças.

Não é necessário ter convite para assistir às reuniões de adoração Mórmon ou às classes de domingo. Nalgumas congregações as aulas precedem a reunião principal, dependendo das circunstâncias locais e de quantas congregações se reúnem no mesmo edifício durante o dia.

E os templos?

Um equívoco comum entre aqueles que não são da fé Mórmon, é que somente os Santos dos Últimos Dias podem entrar nas capelas. Isto é provavelmente baseado no mal-entendido sobre templos e capelas. Enquanto que os templos, dos quais 155 (incluindo os existentes e aqueles anunciados ou em construção, nomeadamente para Lisboa, Portugal) construídos em todo o mundo, estão abertos apenas aos membros da Igreja que estão totalmente envolvidos na sua fé, qualquer pessoa pode entrar numa capela Mórmon, para visitar ou adorar com seus vizinhos Santos dos Últimos Dias. Existem mais de 18.000 capelas em todo o mundo.

Encontre a capela mais próxima aqui.

            

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.