Igreja Mórmon Ajuda Vítimas dos Incêndios de Pedrogão Grande

Igreja Mórmon Ajuda Vítimas dos Incêndios de Pedrogão Grande

Membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias entregam alimentos, roupas, medicamentos e cadeiras de rodas a populações afetadas pelos incêndios da zona centro de Portugal

Notícias em Destaque

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias fez uma primeira entrega de bens de primeira necessidade, medicamentos roupas, alimentos e cadeiras de rodas às populações afetadas pelos incêndios recentemente ocorridos na zona Centro do País. A entrega, realizada no passado dia 1 de Julho de 2017, foi feita através dos voluntários da iniciativa "Mórmons - Mãos que Ajudam", um programa da Igreja criado para ajudar os necessitados e vítimas de catástrofes e desastres provocados pela natureza ou ação humana.

Assim que tomaram conhecimento da tragédia, diversas congregações da Igreja no norte de Portugal, puseram mãos à obra, começando a organizar de imediato kits de primeiros socorros, promovendo em simultâneo a recolha de donativos e bens materiais. A iniciativa espalhou-se rapidamente por todo o país, envolvendo dezenas de congregações e voluntários. A organização de mulheres da Igreja - curiosamente chamada de Sociedade de Socorro - tomou a dianteira neste projeto, coordenando as recolhas e a preparação para a entregas que se viriam a realizar. 

 

Outros bens, tais como medicamentos para tratar queimaduras e cadeiras de rodas para transporte de doentes foram adquiridos diretamente pela LDS Charities - o braço humanitário da Igreja, presente em mais de 180 países do mundo. Para além da recolha de bens, jovens Mórmons passaram grande parte do dia, em coordenação com a organização "Médicos do Mundo", a organizar e a fazer a triagem das peças de roupa por idades e género, para mais tarde poderem vir a ser entregues de forma articulada pelas autoridades locais.

A entrega de todo o material recolhido foi feita simbolicamente pelo responsável eclesiástico da Igreja em Portugal, o Elder Joaquim Moreira. 'Assim que chegámos a Figueiró dos Vinhos e começámos a fazer a descarga de todos esses bens', conta o Elder Moreira, 'uma das enfermeiras começou imediatamente a chorar. Ficámos um pouco apreensivos com essa reação', prossegue, 'mas a senhora acabou por nos confidenciar que uma prima sua havia sido uma das 64 vítimas mortais' e que lhe era impossível conter as lágrimas ao presenciar tamanha generosidade por parte de tanta gente anónima.

Os bens entregues serão agora usados e distribuídos pelas populações mais fustigadas pelos incêndios - Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrogão Grande. O compromisso da Igreja em ajudar as populações locais a recuperarem a sua vida vai-se manter ao longo das próximas semanas e meses, dado que todos os projetos de ajuda humanitária da Igreja visam, a longo prazo, a autosuficiência e a independência.

Alguns dias mais tarde, já em Castanheira de Pera, o Presidente da República Portuguesa, Dr. Marcelo Rebelo de Sousa cruzou-se com os voluntários do programa 'Mórmons Mãos que Ajudam e louvou o seu trabalho e dedicação no apoio aos que sofrem as consequências dos incêndios mais graves das últimas décadas em Portugal.

Observação de Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.